Sexta-feira, 05 de Junho de 2020
Turismo

Governo autoriza início das obras dos trapiches da Ilha do Mel

Publicada em 28/02/20 às 11:03h - 128 visualizações

por AEN


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: AEN)

O governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou nesta quinta-feira (27) a ordem de serviço para o início das obras de reforma e melhorias nos trapiches de Nova Brasília e Encantadas, na Ilha do Mel, em Paranaguá. O ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, participou da solenidade. O investimento de R$ 9,5 milhões é da empresa pública Portos do Paraná. As obras devem demorar cerca de sete meses.

O ministro da Infraestrutura disse que o potencial turístico da Ilha do Mel é imenso e que a integração entre o porto e as comunidades litorâneas é um exemplo para o País. “Esses recursos serão indutores do desenvolvimento sustentável e vão potencializar a região. Todos os brasileiros deveriam conhecer esse lugar”, afirmou. Foi a primeira visita de um ministro em exercício do cargo na praia de Encantadas.

MODERNOS – Os trapiches atuais foram instalados há 20 anos e sofrem com a ação do tempo e da maresia, causando riscos para as pessoas. Eles serão recuperados, reforçados e ampliados. As estruturas vão receber nova iluminação, rampas acessíveis, lixeiras, coberturas, entre outras benfeitorias para a segurança da comunidade e dos visitantes.

Também ganharão novo sistema elétrico de iluminação, sistema de drenagem, novos dispositivos de segurança e sinalização, de acordo com a revisão mais recente das Normas da Autoridade Marítima para Auxílios à Navegação, e dispositivos de acessibilidade (flutuantes) e de auxílio à atividade pesqueira, como estruturas para amarração de embarcações (cabeços). Terão bancos de espera e proteção lateral para segurança.

CONCORRÊNCIA – A empresa que vai realizar as obras é a Construtora AJM Eireli, vencedora da licitação. Como exigido pela Portos do Paraná, serão aplicados materiais duráveis.

O certame foi realizado em novembro. A empresa pública Portos do Paraná recebeu propostas de cinco empresas. Vencidos os prazos de recurso, julgamento e homologação do resultado, este foi divulgado em Diário Oficial do último dia 10 de fevereiro. A autorização ambiental foi emitida pelo Instituto de Água e Terra (IAT) no dia 7 de janeiro. A contratação inclui o fornecimento de todo o material, mão de obra, equipamentos e ferramentas, além da destinação final dos materiais que não forem reaproveitados na obra.

HISTÓRICO  A construção dos trapiches é parte do compromisso assumido pela administração dos Portos do Paraná como uma das condicionantes do Ibama para a emissão da Licença de Instalação (1144/16) da dragagem de aprofundamento, realizada em 2017. Naquele ano, a então Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) definiu, junto à comunidade, os trapiches e locais que seriam beneficiados. Um documento assinado pelo Ministério Público do Paraná e avalizado pelo Ibama formalizou o acordo.

Em 2018, foi definido o Termo de Referência e, em dezembro daquele ano, o projeto executivo. Em março de 2019, o consórcio vencedor da licitação deu início aos projetos das obras e em julho eles ficaram prontos.

Segundo Daniel Anzoategui, presidente da Associação dos Barqueiros da Travessia da Ilha do Mel, que reúne cerca de 23 proprietários de embarcações e 30 empresários da ilha, os investimentos nos trapiches e em dragagem vão aumentar a qualificação do negócio. “As benfeitorias não ficaram só nas promessas. Os trapiches melhorarão a segurança dos turistas e da comunidade, além da dragagem, que facilita as operações de barcos e navios maiores”, pontuou.

Os atuais trapiches repercutem mal para a Ilha do Mel em função das estruturas debilitadas e antigas, avalia Gilberto Espinoza, dono de uma pousada há 24 anos na praia de Encantadas. “Essa ação é muito bem-vinda. A Ilha do Mel é um dos cinco destinos que as pessoas recebem dos operadores de turismo para visitar no Sul do País. Queremos qualificar o turismo, agregar serviços e melhorar a oferta de possibilidades na região nos próximos anos”, concluiu.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (45)99834-0411

Visitas: 953891
Usuários Online: 225
Copyright (c) 2020 - A Serviço do Povo!