Quarta-feira, 03 de Junho de 2020
Turismo

Por que Foz do Iguaçu é um destino imperdível em 2020?

Publicada em 12/02/20 às 11:25h - 133 visualizações

por Blog da Max Milhas


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: A Serviço do Povo!)

Preparada para receber turistas durante o ano inteiro, Foz do Iguaçu é a pedida certa para quem quer conhecer vários lugares em um só destino.

O que você já sabe sobre Foz do Iguaçu? Localizada no estado do Paraná, a cidade é reconhecida internacionalmente por seus principais atrativos: as famosas Cataratas do Iguaçu, a Usina Hidrelétrica de Itaipu e as possibilidades de compras e passeios na Ciudad del Este.

No entanto, é preciso saber que há muito mais a ser explorado em Foz — e é justamente sobre isso que falaremos por aqui. A seguir, reunimos as principais informações que você deve ter em mãos antes de planejar a sua viagem, como opções de passeios, melhor época para viajar, onde se hospedar e muito mais. Acompanhe!

Por que Foz do Iguaçu é um destino imperdível?

Foz do Iguaçu é uma cidade multicultural e multinacional — uma vez que, por lá, Brasil, Paraguai e Argentina se encontram em um só lugar. A região une o agito das cidades próximas à tranquilidade e beleza de uma das atrações naturais mais admiradas do mundo: as Cataratas do Iguaçu.

Nos últimos anos, o local se preocupou em montar uma infraestrutura turística preparada especialmente para receber os viajantes de todo o mundo, já que, atualmente, atrai pelo menos 1,8 milhões de turistas (ou seja, 7 vezes a quantidade de moradores de Foz).

Dessa forma, a cidade está devidamente “munida” com casas de câmbio a preços justos, transporte público farto e acessível, hospedagens para todos os gostos (e bolsos!) e opções gastronômicas que vão desde lanchonetes mais simples até restaurantes requintados. As opções de passeios também são diversas.

Ter em mente essas informações é muito importante para quem pretende viajar com a família e precisa ter a certeza de que a infraestrutura do destino é completa. Foz do Iguaçu, inclusive, é uma cidade abrangente, que agrada e atende pessoas de diferentes idades.

Qual é a melhor época para visitar a cidade?

Foz do Iguaçu está preparada para receber turistas durante todo ano, ou seja, não há um período específico para aproveitar melhor o destino. Contudo, a época escolhida para a sua viagem vai definir como você verá as cataratas: com muita ou pouca água. Isso porque, no verão, época das chuvas e da cheia, o volume de água fica maior, proporcionando espetáculos impressionantes. Já no inverno há menos água, deixando as quedas mais definidas.

O clima, embora imprevisível, também pode ser um fator para escolher a época da viagem. No verão, entre os meses de dezembro e fevereiro, as temperaturas variam entre 18°C e 32°C. Os invernos, por sua vez, são amenos, com temperaturas mínimas e máximas de 9°C a 25°C — contudo, a ocorrência de frentes polares pode fazer com que os termômetros marquem abaixo de zero.

Onde se hospedar em Foz do Iguaçu?

Em Foz, há hospedagens de todos os tipos: hotéis, resorts, pousadas, hostels e demais tipos de acomodação. Dessa forma, cabe a você optar por aquela que mais se alinha aos seus objetivos e necessidades.

Quanto à localização, a recomendação de mais custo-benefício é ficar no centro da cidade, onde as opções de transporte (sobretudo se você estiver sem carro), restaurantes e comércio são maiores — além, é claro, do fato de estar em uma região de fácil acesso aos pontos de interesse turístico, incluindo as cidades fronteiriças de Ciudad del Este e Puerto Iguazú.

Outra região que concentra opções de hotelaria é a Av. das Cataratas, abrigando os melhores resorts e hotéis de Foz, contudo, trata-se de uma alternativa que pode acabar saindo não tão em conta. Por fim, há também a possibilidade interessante de ficar em Puerto Iguazú, na Argentina, ideal para quem está de carro e/ou busca conhecer melhor essa cidade.

Como é a gastronomia local?

Como estamos falando da região da Tríplice Fronteira, é de se esperar que a gastronomia de Foz do Iguaçu tenha como ponto alto a reunião de diversas especialidades, indo desde as tradicionais cozinhas brasileiras, argentinas e paraguaias até o melhor da culinária internacional.

Para começar, podemos citar os pratos à base de peixes, como o dourado e o pacu, pescados diretamente dos rios Paraná e Iguaçu. Essa é uma das heranças dos povos indígenas que habitavam o local.

Por lá, é também possível encontrar mais de 150 restaurantes e bares dos mais variados níveis e cardápios, contemplando as cozinhas mineira, baiana, paulista, gaúcha (com destaque para o churrasco), entre outras. ​Já no lado argentino, os pratos mais tradicionais incluem o bife de chorizo e a parrillada.

Como aproveitar o que a cidade tem a oferecer?

Não se esqueça do RG

Essa é uma dica que jamais deve ser esquecida. Como Foz do Iguaçu marca a divisão de três países diferentes e com regras diferentes, é imprescindível ter sempre os documentos em mãos (como RG atualizado há menos de 10 anos, passaporte ou carteira de motorista). Isso porque, embora a divisa esteja tão próxima, ainda se trata de uma viagem internacional, certo? Isso vale para todos, inclusive para as crianças.

Reserve ao menos 3 dias para o destino

Está muito enganado quem pensa que uma viagem à Foz do Iguaçu se resume a visitar as cataratas e que tudo se resolve em apenas um dia (ou uma tarde!). Ao longo do artigo, mostramos que há muitas opções de atrações para aproveitar na região, portanto, é recomendado montar um roteiro de, pelo menos, 3 dias para o destino.

Nesse período, você consegue explorar bem o Marco das Três Fronteiras, os parques das cataratas nos lados brasileiro e argentino e fazer os demais passeios que lhe interessam com a calma e a tranquilidade que uma viagem de férias merece, sem correrias e sem ter de dormir tarde e acordar antes do sol nascer para otimizar o tempo!

Como você pôde perceber, Foz do Iguaçu é um destino que une beleza, multiculturas e possibilidades. Além de admirar as cataratas, é possível explorar a região da tríplice fronteira e tornar o seu passeio internacional — o que não é nada mal, não é mesmo?




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (45)99834-0411

Visitas: 945505
Usuários Online: 77
Copyright (c) 2020 - A Serviço do Povo!