Quinta-feira, 13 de Agosto de 2020
Mundo

Reabertura das fronteiras do Paraguai depende de diminuição de casos de coronavírus

Publicada em 25/07/20 às 09:34h - 217 visualizações

por O Paraná


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: O Paraná)
Enquanto a curva de contágio do novo coronavírus não achatar no Paraguai, as fronteiras não serão abertas. É o que afirmou nesta quinta-feira (23) o presidente do vizinho país, Mario Abdo Benítez.
“Temos o maior interesse em reabrir as fronteiras, pois isso iria fomentar de novo a economia, especialmente nessas cidades de fronteira, mas vejam o que está passando Ciudad del Este. É a cidade com maior propagação de coronavírus, então temos que encontrar equilíbrio entre a economia e cuidar da vida de nossos compatriotas”, disse em entrevista à imprensa local.

Outra preocupação do presidente paraguaio é com o número de casos de Covid-19 no Brasil. Com 84 mil mortes, o país é o segundo no mundo com o maior número de óbitos confirmados da doença, atrás apenas dos Estados Unidos.

Com o fechamento das fronteiras, intensificou o aumento de contrabando, sendo inclusive registrado tiroteios entre policiais e a Marinha do Paraguai com contrabandistas, especialmente no Rio Paraná, que separa os dois países.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (45)99834-0411

Visitas: 1242761
Usuários Online: 137
Copyright (c) 2020 - A Serviço do Povo!